Arquivo da categoria ‘HQ’

h1

HQs

junho 13, 2007

   

Roteiro de Fabricio Caleffi

 Como minha contribuição ao site é sobre HQs (historias em quadrinhos), fiz minha animação satirizando a “briga” entre DC Comics (representada na animação pelo Batman) e Marvel Comics (representada pelo Homem-Aranha).

 A animacao se inicia com um quadro negro clareando ate mostrar uma rua, a noite, iluminada por um poste.Após todo o quadro negro desaparecer e mostrar o ambiente da rua, a figura do batman sobe vagarosamente ate ocupar o centro da parte de baixo da tela (há um corte na altura dos joelhos do Batman. Ele deve subir em linha reta pelo centro, e alinhar este corte com o corte do quadro).Surge um balãozinho de fiu-fiu como se algum observador da cena assoviasse para o Batman.Após o balãozinho desaparecer, surge o homem aranha ao fundo , como se balançasse em sua teia. Ele pausa no trajeto de acertar o Batman, surge um balãozinho de sua boca com “Fuck off, “Biat-man””, e o Aranha chuta Batman da tela, que sai rodando pela lateral do quadro. O Aranha continua o movimento e sai da tela, deixando somente a imagem de fundo. Obs.: Do momento em que o Aranha surge ate sair de cena, so há pausa no momento em que ele fala. O resto do movimento é continuo. 

h1

MAPEAMENTO RIZOMÁTICO do design gráfico digital na wwWeb

junho 4, 2007

       A evolução tecnológica jogou o design para a era digital, tanto na elaboração do design, quanto na distribuição do produto os paradigmas mudaram. Fazendo um modo de navegação rizomático e mapeado talvez eu ajude você a saber de coisas novas quentes e consultar as velharias clássicas que foram parar no código binário. Quem tiver algo a acrescentar favor postar um comentário.

Notáveis do Brasil:

.malvados.

            latuff              
“A polícia mata”

Gringos com pegada política (anarquistas ver mais abaixo):

Site só sobre desenhos políticos:

 Outros artistas gráficos

DESENHISTAS BRASILEIROS :

O design digital mais real que o real!

Links de JORNAIS QUENTES que fazem uso do design digital (você pode imprimir)

sobre HQ:

DESIGN relativos a política libertária:

Galria Anarkhia :              panfletos e periódicos anarquistas:

http://www.cnt.es/sovmadrid/archivohistorico3606.htmasdasdas

arquivo gráfico libertário           They lie we die

Klinamen

banco de imagens da cruz negra anarquista  Radical grafics

adbusters

 Sobre Graffiti:

Bancos de Imagens GRÁTIS:

Bancos de Fontes:

sites de desenhos grafico brasileiros:
 http://www.cyberartes.com.br/

Blogs Batutas:

Sites Úteis

Softwares para você sair da idade da pedra.

Softwares livres

Proprietários(eca!) de diagramação:

por Cardines

h1

Design Tipográfico

junho 2, 2007

por Fabrício Caleffi e Cardines 

O design de fontes não tem um início determinado. Muitas fontes utilizadas até hoje em dia também apareciam em pergaminhos do século XII, como em pedras, como em manuscritos de pessoas comuns com um pouco mais de ‘paciência’ para escreverem. O tipo de letra refletia a nobreza ou instrução do remetente.

As fontes realmente desenhadas, não só com floreios mas utilizando cores e formatos dos mais diversos, surgiram e foram evoluindo juntamente com a arte gráfica dos quadros e estampas. Mas é com o aparecimento das Histórias em Quadrinhos que temos a real evolução e valorização dessa arte. Nos balões, os artistas acabaram desenvolvendo ‘timbres mudos’: de acordo como se imagina ser o timbre e ritmo da fala do personagem, as fontes e contornos dos balõezinhos começaram a ser desenhadas para passarem o ‘som visualmente’; uma sinestesia brilhantemente desenvolvida e que, assim como tantos outros símbolos também criados nas HQs, tornou-se uma nova linguagem.

Balões

Com o advento do computador e a ampliação do uso da internet, artistas anonimos começaram a disponibilizar os mais variados e criativos tipos de fontes em acervos de fazerem inveja ao mais experiente escriba antigo.

Abaixo, alguns links interessantes sobre fontes:

Netfontes.com.br O maior site de Fontes TrueType do Brasilhttp://www.netfontes.com.br/

Veja as “dingbats”, fontes que de letra não teem nada! Cada imagem é um link diferente.

WC Rhesus A Bta Fonte

Darrians Sexy Silhouettes - 179 Kb - by Darrian Lynxafrican design

h1

Nas HQs

abril 16, 2007

por Fabrício Caleffi 

A possibilidade de utilizar tantas cores, os softwares cada vez mais avançados para editoração e edição de imagens, além de outros elementos, instigaram ainda mais as mentes criativas por trás dos super-heróis e vilões das Histórias em Quadrinhos (HQs).

Will Eisner, um dos precursores das HQs modernas já utilizava-se de lances de perspectiva inovadores, criando a sensação de um falso 3D, dando profundidade e sensação maior de movimento aos seus quadrinhos, como o famoso Spirit (1940).

Como fã, aprecio muito a utilização que Todd Mcfarlane fez desses conceitos de Eisner. Em sua publicação Spawn, Mcfarlane utiliza muito do meta-quadrinho – a página inteira é concebida como um quadrinho, não somente os quadrinhos normais das HQs – e de quadrinhos em perspectiva, o que, auxiliado pela colação totalmente feita em computadores, dão uma sensação quase cinematográfica das cenas impressas. Como já mencionado anteriormente, as inovações quanto à papel e impressão também são responsáveis por isso; se utilizássemos tantas cores e tão vívidas como as de hoje nas impressões de antigamente, o papel simplesmente desmanchava.

Página de Spawn, de Todd Macfarlaneuntitled-1.jpg

Quanto aos softwares, no começo do ano passado a Marvel Comics lançou um software bem legal para a construção de quadrinhos digitais de seus próprios personagens.

O Marvel Heroes Print Studio prove ao usuário desenhos de seus personagens, cenários, pôsteres, balões de diálogo, e fontes das mais diversas para que qualquer um possa criar sua própria história de fanzine com os personagens da editora. Não tive acesso ao manual do software, mas parece que estas criações tem um local próprio para serem disponibilzadas, no próprio site da empresa, e não podem ser comercializadas na forma impressa, mas a simplicidade de uso da ferramenta mostra bem a facilidade que os softwares proporcionam para que qualquer pessoa possa criar e editorar sua própria revista num computador caseiro.

Aos interessados, o software está disponível para teste no próprio site da empresa, www.marvel.com .

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.