h1

Fotografia Digital

abril 18, 2007

  A fotografia é, sem dúvida, uma das mais importantes criações humanas. A partir de sua invenção a forma de se ver o mundo mudou significativamente. No mesmo nível de relevância está a criação dos computadores e a sua evolução incansável que nos dá cada vez mais possibilidades. Então o que dizer da inserção da linguagem fotográfica nos meios digitais? Indiscutivelmente esta é uma grande revolução em nossa forma de comunicação.

  A fotografia digital nasceu nos anos 60 em meio a guerra fria, com as disputas ideológicas e espaciais entre EUA e URSS. Porém apenas nos anos 90 se deu o início do processo de democratização da fotografia digital. As novas tecnologias começavam a se tornar acessíveis ao grande público, causando grandes mudanças na relação da sociedade com a fotografia. Hoje temos à disposição ferramentas para se capturar imagens digitalmente ou digitalizar imagens já existentes e facilmente manipulá-las em praticamente todas as suas propriedades, desde saturação, brilho. Contraste e nitidez, até a própria forma dos elementos que compõem a foto. Cada vez mais os softwares de tratamento de imagem evoluem, sofisticando os processos de edição e montagem.

Softwares 

Existem diversos sistemas de processamento de imagens disponíveis no mercado. Eles se distinguem pela forma de distribuição (Comercial, Shareware, Freeware ), pela área de aplicação (editoração eletrônica, análise científica, visualização, edição informal, pesquisa, …), e pelas plataformas em que estão disponíveis (UNIX, Windows, MAC, …).
O programa mais bem sucedido, não importando a categoria, é o Adobe Photoshop. Atualmente na versão 5.0, é um dos mais robustos e confiáveis sistemas de processamento de imagens. É voltado para editoração eletrônica e não possui funções de análise de imagens. Possui versões para MAC, Windows e UNIX.
Seguindo essa mesma linha temos o Corel PhotoPaint e o Fractal Design Painter, mas estes só rodam no ambiente Windows. O Fractal Design Painter possui mecanismos muito peculiares de pintura, além de permitir a criação de animações usando seqüências de imagens. Outros programas na mesma linha, mas que ganharam popularidade por serem Shareware/Freeware e não possuírem a complexidade dos sistemas acima, são o Paint Shop Pro e o LviewPro. Um programa semelhante a esses, mas que realiza apenas a visualização é o ACDSee, se tornou popular pela facilidade de fazer Slide Shows. Todos esses são somente para Windows. No UNIX temos o GIMP e o XV, este último muito divulgado na Internet. Ambos são Freeware.
Quando se trata de análise de imagem e processamento científico, muitos dos programas mencionados são úteis, mas outros assumem um nicho não atacados por estes.
Na linha Freeware temos o NIH Image (MAC) e o Image Tool (Windows). No UNIX temos ainda dois grandes sistemas o Khorus e o XITE. Sendo que o Khorus abrange muito mais do que processamento de imagens.
Na linha comercial temos o KS-400 (Windows), e o Digital Micrograph (MAC e Windows), ambos voltados para análise de imagens em microscopia ótica e eletrônica. Temos também outros mais gerais, como o Image Pro, o Optimas, e o WiT. Este último tem uma característica muito interessante de permitir a criação de macros usando uma linguagem visual.

Links

Forum sobre fotografia digital
Banco de imagens
A imagem técnica 
Virtual Photo

One comment

  1. Isso é muito antigo…Visto que o Photoshop a muito saiu da versão 5.0…Embora desde então pouco tenha sido acrescentado, além da fome do software por memória RAM e processamento.



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: